Loriga é uma vila e freguesia portuguesa do concelho de Seia, distrito da Guarda. Situa-se na província da Beira Alta e faz parte do Parque Nacional da Serra da Estrela.

Loriga, situada na parte sudoeste da Serra da Estrela, encontra-se a 20 km de Seia, 80 km da Guarda e 320 km de Lisboa.

É conhecida como a "Suíça Portuguesa" devido à sua extraordinária localização geográfica. Está situada a cerca de 770 m de altitude, na sua parte urbana mais baixa, rodeada por montanhas, das quais se destacam a Penha dos Abutres (1828 m de altitude) e a Penha do Gato (1771 m), e é abraçada por dois cursos de água: a Ribeira da Nave e Ribeira de São Bento, que se unem no fundo da vila para formarem a Ribeira de Loriga.

Os socalcos e a sua complexa rede de irrigação são um dos grandes ex-libris de Loriga, uma obra construída ao longo de centenas de anos e que transformou um vale rochoso num vale fértil. É uma obra que ainda hoje marca a paisagem, fazendo parte do património histórico da vila.

Está dotada de uma ampla gama de infraestruturas físicas e socioculturais, que abrangem todos os grupos etários, das quais se destacam, por exemplo, o Grupo Desportivo Loriguense, fundado em 1934, a Sociedade Recreativa e Musical Loriguense, fundada em 1906, os Bombeiros Voluntários de Loriga, criados em 1982, cujos serviços se desenvolvem para lá dos limites da vila, a Casa de Repouso Nª. Srª. da Guia, uma das últimas obras sociais de relevo, e a Escola Básica Dr. Reis Leitão. Em Agosto de 2006 iniciaram-se as obras do novo Quartel dos Bombeiros Voluntários, edifício concluído em 2012 e inaugurado em Setembro do mesmo ano.

 

MONUMENTOS E PATRIMÓNIO

 

Em termos de património histórico, destacam-se a ponte e a estrada romanas (século I a.C.), uma sepultura antropomórfica (século VI a.C.) chamada popularmente de "caixão da moura", a Igreja Matriz (século XIII, reconstruída), o Pelourinho (século XIII, reconstruído), o bairro de São Ginês, a Rua de Viriato e a Rua da Oliveira.

A estrada romana e uma das suas duas pontes (a outra ruiu no século XVI após uma grande cheia na Ribeira de São Bento), com as quais os romanos ligaram Lorica, na Lusitânia, ao restante império, merecem destaque.

A rua da Oliveira é uma rua situada no centro histórico da vila. A sua escadaria tem cerca de 80 degraus em granito, o que lhe dá características peculiares. Esta rua recorda muitas das características urbanas medievais. O bairro de São Ginês é um bairro do centro histórico de Loriga cujas características o tornam num dos bairros mais típicos da vila. Curioso é o facto de este bairro dever o nome a São Gens, um santo de origem céltica martirizado em Arles, na Gália, no tempo do imperador Diocleciano, orago de uma ermida visigótica situada na área, no local onde hoje está a capela de Nossa Senhora do Carmo. Com o passar dos séculos os loriguenses mudaram o nome do santo para São Ginês. Este núcleo da povoação, que já esteve separado do principal e mais antigo, situado mais abaixo, é anterior à chegada dos romanos.

 

MUSEUS

 

São vários os museus que de destacam na nossa região, escolhemos os quatro abaixo listados devido à sua proximidade e interesse. Obtenha informações na nossa receção caso pretenda agendar uma visita a algum deles. Nós ajudamos!

Museu do Pão

CISE

Museu da Eletricidade

Museu do Brinquedo

LOCAIS E PAISAGENS DE INTERESSE

 

São muitos os locais de interesse na nossa região. Abaixo listamos alguns deles. Agendamos Passeios de Jipe onde podemos mostrar com detalhe o que a serra tem de melhor.

Escolha os locais, nós organizamos a Tour.

Cabeça

Folgosinho

Lagoa dos Conchos

Praia Fluvial de Loriga

Poço do Inferno- Manteigas

Calhão Mogueiro- Loriga

Fontão

Monte Colcurinho

Praia Lapa dos Dinheiros

Torre

Vale Glaciar Rio Zêzere

Casais de Folgosinho

Foz de Égua- Piodão

Monte S. Tiago - Folgosinho

Poço da Broca- Barriosa

Vale do Rossim

Viveiro das Trutas- Aguincho

Covão D´Ametade

Lagoa Comprida

Piodão

Poço da Broca- Serapitel

Vale Glaciar Loriga

×